Prevenir é Viver

INMED implementou inúmeros programas de prevenção e controle de doenças nos últimos 25 anos, desde ações nas bases comunitárias até dentro das escolas para conscientizar moradores locais e impactar na transformação de hábitos para uma vida mais saudável.

Programa | Comunidades Mais Saudáveis

Com o apoio da Fundação GE, o programa Comunidades Mais Saudáveis no Rio atuou na favela do Salgueiro.  O programa tem como objetivo mobilizar, fortalecer e integrar a comunidade com a promoção de comportamentos preventivos que melhorem o estado geral de saúde da população para reduzir as incidências de doenças infecciosas, cardiovasculares, diabetes, obesidade, anemia e má nutrição.

2011-2014

Favela do Salgueiro, Rio de Janeiro

Educação em saúde de base comunitária

Formou agentes de saúde na comunidade junto à secretaria de saúde municipal, melhoria ao acesso de atendimento de saúde e hábitos saudáveis.  Troca de conhecimento sobre assuntos relevantes à saúde na comunidade entre moradores e agentes de saúde.

Um programa de formação de acessos e hábitos através do engajamento de agentes de saúde e moradores locais.

Programa de Prevenção de DST | Prevenção: Quanto Antes Melhor

Baseado no programa Crianças Saudáveis, Futuro Saudável onde as crianças são catalisadores de mudanças positivas no comportamento de nutrição e saúde, a  Para Crianças adaptou o programa para a prevenção de doenças.

A meta é a promoção de saúde através do compartilhamento de mensagens de prevenção e qualidade de vida para crianças, famílias e comunidades. O projeto focou em 2 prioridades, DST/HIV e doenças cardiovasculares.

Desde 2002

  • Francisco Morato, SP
  • Uberlândia, MG
  • Manaus, AM

Incrementar o porcentual de moradores locais do conhecimento de doenças sexualmente transmitidas e cardiovasculares para prevenção de doenças e melhorias do estado de saúde geral.

Alunos e professores da rede pública citaram o quanto o impacto de ter informação correta, precisa e sem vir dos bastidores ou de fofoca na rua, ajudou em pavimentar o caminho seguro na vida dos jovens.

Desmistificação sobre a saúde e as doenças sexualmente transmitidas, através de conteúdo apropriado para a puberdade e a falta de acesso nas comunidades.

As Metas Principais São:

  • Qualificação de agentes comunitários de saúde.
  • Interação entre a secretaria de saúde municipal, seus agentes e moradores locais.
  • Impactar mudanças e melhorias de hábitos de moradores locais através do envolvimento dos agentes de saúde.
  • Diminuir o impacto na rede pública de saúde através de qualidade de vida melhor.
  • Saúde preventiva geral.
  • Prevenção de doenças cardiovasculares.
  • Prevenção de HIV / AIDS.

As Atividades Principais São:

  • Avaliação do estado de saúde da comunidade;
  • Orientação sobre a rede de saúde e os serviços disponíveis;
  • Ensinar cuidados de saúde reprodutiva e saúde ambiental;
  • Ensinar princípios de higiene e saneamento;
  • Ensinar princípios de nutrição e estilos de vida saudáveis;
  • Eventos de limpeza.
  • Treinamento de professores e agentes de saúde comunitário;
  • Criação de “Clubes de Saúde”;
  • Encorajar a busca de informação e tratamentos em postos de saúde e hospitais;
  • Conscientização de mudança de hábitos e comportamentos nas escolas;
  • Incorporação dos temas no material didático das escolas;
  • Promoção de mensagens de auto estima, cuidados pessoais, prevenção e saúde comunitários.