Realizamos uma amostragem com 19 escolas (entre as 117 participantes do programa Crescer Saudável), para avaliar o que foi servido e consumido na merenda escolar durante o ano. Principais resultados observados:

• Frutas: 89% das unidades oferecem frutas todos os dias e 11% da unidades oferecem frutas 2x por semana. Nenhuma unidade serviu frutas menos de 2x na semana.
• Legumes:  89% da unidades oferecem legumes todos os dias e 11% das unidades oferecem legumes 3x por semana. Nenhuma unidade serviu legumes menos de 3x por semana.

• Folhas: em 53% da unidades não foi identificado o consumo de folhas, apesar de constar do cardápio. Em 37% das unidades foi servido algum tipo de folha ao menos 1x por semana e 11% das unidades servem folhas 2x por semana (média que deve ser servida pelo cardápio oficial do maternal e pré).

 

Sobre a aceitação dos produtos frescos, ou seja, o quanto as crianças consumiram do que foi oferecido na merenda, foram constatados os seguintes dados:
• Frutas: 42% das crianças aceitam 100% das frutas servidas; 58% aceitam 80% das frutas que são oferecidas.
• Legumes: 37% das crianças aceitam 100% dos legumes servidos; 63% aceitam 80% dos legumes que são oferecidos.

• Folhas: 12% das crianças aceitam 100% das folhas servidas; 44% aceitam 80% das folhas servidas; 33% aceitam 50% das folhas servidas e 11% aceitam 10% das folhas servidas. Não foi verificada nenhuma criança que não aceitasse as folhas.

 

A aferição das porcentagens obtidas foi realizada com base na observação das sobras ao final da merenda.
Analisando os dados obtidos, constatamos que:
• A aceitação de folhas pelos alunos ainda é muito baixa, quando comparada a frutas e legumes. As folhas são misturadas a outros alimentos para melhorar a aceitação.
• Legumes têm uma melhor aceitação quando cozidos. As sopas são muito bem aceitas entre as crianças.
• A aceitação das frutas é considerada excelente. As frutas mais bem aceitas são banana e melancia. O mamão está entre as mais rejeitadas.
Comparando-se com os dados obtidos em 2017, houve melhora no índice de aceitação dos alimentos, de forma geral. As nutricionistas do programa destacam que oferecer um tipo de alimento com maior frequência facilita sua aceitação. As crianças estão ingerindo frutas e legumes com maior frequência (a grande maioria diariamente). Tornar as folhas mais bem aceitas pelas crianças ainda é um desafio para a equipe.

 

Saiba mais acessando https://goo.gl/vGSEq3
#inmed #crescersaudavel #merenda #avaliacao2018
[jetpack-related-posts]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *